Tecnologia do Blogger.

domingo, 11 de abril de 2010

Parte 1

Havia três dias seguidos que eu não pensava em outra coisa a não ser nele. Mas ele nem olhava pra mim. Até que um dia, na aula de educação física, a professora mandou fazermos pares e sobrou eu e ele. Ele olhou pra mim, deu aquele sorriso perfeito e disse:
- Nunca te vi por aqui antes.
- Não, mas eu já te vi.
- Sou meio distraído
A professora notou que estávamos conversando e mandou a gente parar de bobeira e treinar o passe do futebol como todo mundo.
Por um lado eu estava odiando a professora por ter interrompido nossa conversa, mas por outro eu estava amando-a por ter mandado fazermos dupla. Ele começou a treinar olhando pra mim e eu fiquei muito envergonhada não só por estar errando muito, mas pelo olhar dele fixado em mim. Quando a aula acabou, fui pegar minha mochila no canto da quadra para ir ao banheiro me trocar quando ele me parou e disse:
- Oi.. nem deu pra gente conversar direito ? meu nome é Tiago, qual é o seu ?
- Meu nome é Karine.
- Que nome lindo. Posso te acompanhar até a cantina ?
- Claro.
Fomos até a cantina, sentamos e ficamos conversando.. nem reparei que meu lanche ainda estava inteiro. Quando o assunto acabou ficamos nos olhando por alguns segundos e ai notei que a cantina já estava quase vazia.
- Posso te acompanhar até sua casa depois da aula ? - Ele disse sem tirar o sorriso do rosto
Fiquei boba olhando pra ele, ele sorria esperançoso esperando por minha resposta. Sacudi a cabeça acordando do transe e disse:
- cla.. claro.. claro que sim..
O sinal tocou e corremos pra não nos atrasarmos, não sei quanto a ele mas eu estava louca para que acaba-se a aula. Quando acabou, fiquei na porta da escola esperando por ele com um sorriso no rosto.. quando ele chegou disse:
- Desculpe o atraso, fiquei preso na aula de matemática tentando fazer a ultima conta.
- Ah, sem problema.
- Meu amigo Gustavo é da sua turma de matemática e disse que você é boa nessa matéria. Será que você pode me ajudar ?
- Claro que posso amor.
Imediatamente pensei- MENINA LOUCA, porque você chamou ele de amor ? - Ele riu baixinho, acho que nem notou do que eu acabara de lhe chamar.
Fomos caminhando para casa, conversando e rindo, nunca pensei que isso iria realmente acontecer, chegamos em minha casa bem rápido, mas eu não queria, queria morar bem longe pra poder continuar conversando com ele.
Olhei pra minha casa e suspirei deprimida, ele me olhou e perguntou:
- É aqui que você mora ? Que casa bonita.
- É, quer entrar um pouco ? Meus pais ainda não estão em casa.
- Não não, preciso ir, minha mãe deve estar preocupada.
- Ah, que pena.
Ele saiu andando e eu entrei, me sentindo nas nuvens. Subi para meu quarto saltitando, fiz minha lição de casa e liguei meu notbook para ver se ele estava online. Passei tempos me segurando pra não falar com ele no msn pois sabia que ele nunca havia me notado, mas pela primeira vez eu poderia falar com ele sem problemas, mas nem precisei chama-lo. Assim que entrei abriu uma janelinha:
Tiago diz: oooooi
um sorriso imenso se abriu em meu rosto e em meu coração.
Karine diz: ooi (:
Tiago diz: Estava esperando você entrar
Karine diz: Sério? *-*
Tiago diz: É, assim que cheguei em casa vim pro computador pra continuarmos conversando, gosto de conversar com você.
Karine diz: awn, eu também gosto de conversar com você *-*
Tiago diz: :D
Karine diz: :D
Tiago diz: Amanhã é sábado não é? Eu e alguns amigos vamos ao parque, quer ir junto?
Karine diz: Claro, que horas?
Tiago diz: Ás 14 horas a gente passa ai na sua casa ok?
Karine diz: Ok
Fiquei muito feliz, pois ele me convidou pra sair com ele.. e os amigos.
Já era 8 horas e eu ainda estava no msn conversando com ele, meus pais já aviam chegado e minha mãe estava terminando de fazer a janta. Nem havia percebido que já tinha passado tanto tempo, quando falava com ele parecia que o tempo parava. Olhei pro relógio no canto do computador, me assustei com o horário, olhei pra conversa dele e ele estava of, mas havia uma menssagem.
Tiago diz: Vou sair, minha mãe está brava pois não fiz a lição de casa. Não esqueça que amanhã passo ai na sua casa as 14:00. Beijos, adorei conversar com você hoje! Te amo
Será que era verdade? Ele havia mesmo dito que me amava ou eu estou sonhando? Bom, se é um sonho que ninguém me acorde. Acabei indo dormir cedo, nem quis jantar, demorei um pouco pra dormir idealizando o dia seguinte. Quando eu acordei só me lembro de ter sonhado com ele.
Levantei correndo com medo que tive-se passado da hora, acabei ficando tonta de levantar tão rápido. O relógio marcava 10:10, dizem que quando você dois números iguais no relógio que é porque tem haver com a pessoa amada ou coisas do tipo. Que eu me lembre.. 10:10 significa que alguém vai se declarar pra você. Me emocionei, enchi o pulmão de ar e esperança, fui correndo me vestir e desci para esperar o almoço.
Fiquei vendo um pouco de televisão enquanto esperava minha mãe terminar de preparar o almoço. Fiquei trocando de canal até que parei em um de clipes que estava tocando Love Story da Taylor Swift, me deu um negócio e eu comecei a chorar, minha mãe perceber e perguntou porquê eu estava chorando, me apavorei e disse:
- Nada não.. é que a tradução dessa música é linda.
Minha mãe ficou um pouco confusa mas voltou para a cozinha. Começou a tocar uns clipes nada a ver então peguei meu nootbook pra ver se ele estava online... mas não. Olhei o relógio novamente na esperança do tempo ter passado mas arrecem era 11:07, começei a ficar nervosa porquê o tempo não passava e eu queria que fosse 14:00 horas para poder -lo logo.
Distraída lendo a tradução das músicas na MTV, não vi mais o tempo passar. Minha mãe me chamou para almoçar, almoçei sem vontade com o olhar vazio e, como sempre, minha mãe notou e me perguntou no que eu estava pensando. Eu disse só que tinha trabalho de casa e não estava afim de fazer, ela disse pra mim fazer o trabalho mais tarde. Perguntei que horas eram e ela disse 13:34.
- 13:34 ? Tem certeza ? Como assim ? E eu ainda tenho que tomar banho, fazer escova, me arrumar...
Comi quase tudo em uma garfada só e subi correndo. Juntei tudo que precisaria do meu quarto e levei pro banheiro, só assim teria privacidade sem minha mãe entrando e saindo. Assim que terminei de me arrumar desci correndo pra espera-los na porta, minha mãe me viu ali toda arrumada e me perguntou aonde eu pensava que ia.
- Vou no parque com uns amigos, mãe. lembra que eu te pedi ontem de noite ?
- , lembro. Desculpe, se divirta filha.
- Obrigada mãe
Aquele susto me abalou, pensei que ela iria ter um ataque de mãe protetora e diria que eu só poderia ir se ela fosse junto. Ela me olhou de uma maneira meio estranha, acho que percebeu que eu quase nunca me arrumava nem para ir em festas e para uma coisa tão simples como ir ao parque eu tinha me arrumado toda. Tentei esquecer isso e fiquei olhando a rua em esperança de vê-los. Foi aí que avistei ele, três amigos (incluindo o Bruno que é da minha turma de geografia e o Gustavo que é da minha turma de matemática) e duas amigas, uma loira e uma morena. A morena eu nunca tinha visto, mas a loira... eu sabia que conhecia, não sei de onde, mas eu já havia visto ela em algum lugar. Eles foram chegando mais perto e ela começou a me olhar esquisito, no mínimo devia saber quem eu era, mas de onde será que eu conhecia ela ? Com certeza não era da escola.

10 comentários:

Helena disse...

Estou muito curiosa, quero ler a continuação logo. Bjs

Lucia disse...

Oi Bibi, adorei o teu texto, é muito bom e olha que sou uma leitora ávida, posta logo a segunda parte.

Cristina disse...

Bi e Fe, posso chamar assim? Adorei a história, vou aguardar a segunda parte.

Neimar disse...

olá, parabéns pelo texto, agora é dar continuidade ao trabalho e postar logo para os leitores não perderem o entusiasmo. Bjs

Denise disse...

Olá Bibi!! Sou amiga da tua mãe, e acredito, que temos por aqui uma pequena grande escritora.. adorei.. continue escrevendo cada vez mais, pois com certeza irás longe...estou curiosa com o final... grande beijo Denise.

Maísa Augusta Borin disse...

Meninas, que maravilha esse texto!!!!! Estou louca para saber quem é esta tal dessa menina loira????Muito envolvente o texto de vcs.Que orgulho Bika!!!!!!

Joôhziiynhax disse...

Adoreii a históriia ! Bjo'

Emanuele disse...

Adorei!!
To doida pra ler o resto!
Beijos!

Cláudio disse...

Excelente. Reproduz a leitura que vocês tem do contexto social em que estão inseridas.
Linguagem clara, precisa e estimulante para seguir lendo a história/estória.
Parabéns e muito sucesso nesta atividade de escritoras.
Claudio Dutra

Mauricio disse...

Oi priminha, tudo bem ?
Comecei a ler ontem, muito legal...
O que será que vai acontecer nesta "love story" ?
Abraços...

Mauricio

Postar um comentário

  ©Era uma vez.. - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo